fbpx

10 dicas para empreender no Paraguai

10 dicas para empreender no ParaguaiPostado: 13/10/2015


10 dicas para empreender no Paraguai: Tudo o que você tem que saber para abrir uma empresa no país.

O Paraguai é conhecido por ser um dos países com menor taxa de importação e hoje tem uma das melhores economias da América Latina, por isso apresentamos para você os segredos melhor guardados sobre empreender no Paraguai.

Atualmente o Paraguai tem uma das economias mais estáveis da América do Sul. Além disso, conta com uma taxa de crescimento de 5% ao ano e uma moeda estável em relação ao dólar. É por isso que o mercado paraguaio vem se tornando um país de oportunidades para empreendedores brasileiros.

Então leia essas 10 dicas para empreender no Paraguai:

  1. Sistema tributário:

Conta com um sistema tributário simplificado.  Falando de encargos trabalhistas e previdenciários, a empresa paga ao governo 16,5% e o empregado, 9%. E tem ainda o sistema 10-10-10. Nele, os donos de negócios pagam ao governo 10% de imposto de renda pessoa jurídica, mais 10% de IR pessoa física e 10% de IVA.

  1. Conheça a Lei da Maquila:

Além disso, com a Lei da Maquila o pais ficou ainda mais atrativo, porque taxa em apenas 1% de tributo às empresas que abrem fábricas no Paraguai e exportam a totalidade da sua produção.

  1. Lei 60/90 para investidores:

Outro atrativo para quem pretende abrir negócio no Paraguai é a Lei 60/90 que tem o objetivo de aumentar o número de investidores no país.

Os investimentos podem ser na forma de capital, equipamentos, transferências de tecnologias, entre outros.

Esse benefício vai de isenção de impostos para importação de máquinas e bens de capital, isenção de tributos para abertura de empresas, entre outras vantagens.

A Lei 60/90 é direcionada aos investidores de várias áreas, como mineração, agricultura, exploração de minas, indústria, serviços e outros.

  1. Aproveite as zonas Francas

Para os brasileiros e inclusive argentinos que pretendem abrir negócio no Paraguai é interessante a possibilidade de se instalar nas zonas francas, localizadas na Ciudad del Este (fronteira com o Brasil).

Nas zonas francas paraguaias, se promove o desenvolvimento de atividades para a exportação, embora as operações dentro do país também sejam permitidas.

As empresas instaladas nessas áreas podem desenvolver todos os tipos de atividade comercial, industrial e de serviços e recebem várias isenções fiscais como benefício.

  1. Mão de Obra qualificada:

Para quem está pensando em investir no Paraguai abrindo uma empresa, é bom falar que o Paraguai conta com mão de obra jovem e qualificada, atualmente pelo menos um XX% da população de até 30 anos está cursando uma carreira universitária ou já se formo.

Então nesse aspecto você vai contar com uma grande vantagem, vai encontrar pessoal qualificado e esforçado no país vizinho. Outro dado importante é saber que o salário mínimo é de 2.112.562 guaranis, isso equivale a R$ 1400 aproximadamente.

  1. Matéria prima de baixo custo:

Com uma baixa taxa de importação, ter uma matéria prima de qualidade vai resultar bem barato em comparação com os preços que você encontra no Brasil, inclusive se sua matéria prima é nacional você vai encontrar preços menores, que permitem inclusive aumentar sua produção.

  1. Custos indiretos menores:

Outra das vantagens que você verá na hora da produção são os custos de energia elétrica, água e até o gás doméstico. Os preços são bem menores em comparação com o brasil.

Além disso, não existem restrições à propriedade de empresas e terras para estrangeiros. Não tem limite para as remessas de lucros e fluxos de capital para o exterior.

  1. Quanto custa abrir empresa no Paraguai?

Para calcular o custo de formação da empresa é preciso conhecer o capital social e o tipo de atividade que desempenhará.

Geralmente não há exigência de um capital mínimo, só no caso das empresas prestadoras de serviços que precisam de 10.000 USD como capital mínimo.

Então podemos dizer que o custo de abertura de empresas no Paraguai é a partir de 1500 USD.

Se você está interessado em se mudar para o Paraguai, aqui estão todas as informações sobre como se legalizar no Paraguai.

Estrangeiros podem abrir empresas no Paraguai, e podem ser acionistas e atuar como diretores. No entanto, o diretor deve ser um residente permanente do Paraguai.

Por outro lado, o secretário não é um papel essencial na empresa paraguaia. Mas é possível, que o secretário também possa ser um residente temporário.

  1. Ótimas estimativas de crescimento:

O Paraguai é, tradicionalmente, uma economia agrícola com grande parte da população participando da agricultura como trabalho diário.

Porém, nos últimos anos, o país começou com um ótimo desenvolvimento industrial. Tornou-se uma das economias mais dinâmicas da América do Sul.

De 2010 a 2015, o país registrou um crescimento médio anual do PIB de 6,30%. Isso impulsionado pelo aumento do preço das commodities, condições climáticas , desenvolvimento industrial, aumento do investimento estrangeiro. Inclusive uma situação política favorável.

Atualmente, o Paraguai conta com grandes indústrias, principalmente dos setores de confecções, plásticos e calçados.

Por isso e mais, o Paraguai se torna um excelente destino para quem quer investir com baixo risco.

 

  1. Qual é o processo de abertura de uma empresa no Paraguai?

  • Elaborar o estatutos da sociedade paraguaia (Constitucion de Sociedade)
  • Autenticar os documentos por um escriba licenciado. Os documentos autenticados e todos os livros da empresa paraguaia devem ser registrados na Secretaria de Registro de Empresas (Abogacía del Tesoro). Os documentos devem também ser submetidos à janela de acesso único (Sistema Único de Abertura de Empresas SUAE). O processo de registro leva 20 dias.
  • A empresa do Paraguai obtém o TIN (Número de Identificação Fiscal) após um pedido on-line perante a Autoridade Tributária (SET). O TIN é válido para IVA, Imposto de Renda e outro tipo de tributos.
  • A empresa pode iniciar suas operações.
  • Adicionalmente, a sociedade tem de registar os administradores, os acionistas e o loca na Abogacía del Tesoro.
  • A empresa só pode contratar empregados registrados no Instituto de Segurança Social e no Ministério da Justiça e do Trabalho.

O recomendável e que você procure uma consultoria com profissionais que cuidarão de tudo isso. Enquanto você se dedica a avaliar o mercado e conhecer todas as possibilidades para sua empresa.

Aqui na CIM Consultoria temos profissionais capacitados para fazer tudo o processo sem problemas nem atrasos, fale com um dos nossos consultores pelo WhatsApp.


Comentários

Facebook

WhatsApp chat